segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Formação em Ciências Atuariais - Contabilidade - Administração - Economia - Direito



Nível Médio Técnico - Ciências Contábeis - CCC - Colégio Carlos de Carvalho

Superior - Cursando Gestão Pública


- DIREITO E LEGISLAÇÃO
- O.T.C
- CONTABILIDADE GERAL
- CONTABILIDADE DE CUSTO
- MECANOGRAFIA
- PROCESSAMENTO DE DADOS
- MATEMÁTICA FINANCEIRA

Nível superior

MBA - RH

- GESTÃO EMPRESARIAL

- GESTÃO DE PESSOAS

- ÉTICA EMPRESARIAL

- GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE

- GESTÃO SOCIOAMBIENTAL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

- PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E COMPETITIVIDADE

- COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL

- DESENVOLVIMENTO GERENCIAL

- FERRAMENTAS DE COACHING

- CONSULTORIA EM RECURSOS HUMANOS

- MODELOS DE APRENDIZAGEM E COMPETÊNCIAS

- RELAÇÕES TRABALHISTAS E SINDICALISMO

- REMUNERAÇÃO ESTRATÉGICA E DESENVOLVIMENTO DE CARREIRAS


GRADUAÇÃO

- Intr. ao Estudo da História

- Intr. a Filosofia
- Intr. a Sociologia
- Intr. a Ciência Política
- Intr. a Economia Política
- Intr. a Filosofia
- Antropologia Cultural
- Antropologia Física

- História das Idéias Políticas e Sociais
- Teorias da História
- Filosofia da História

- História Medieval
- História Moderna
- História Contemporânea I
- História Contemporânea II
- História da Arte
- Historiografia Brasileira
- Cultural Brasileira
- Etnografia do Brasil
- Etnologia do Brasil
- História do Brasil I
- História do Brasil II
- História do Brasil III
- História Brasil IV
- História da América I
- História da América II

- Metodologia do Trabalho Científico
- Metodologia da Pesquisa Histórica
- Prática da Pesquisa Histórica

- Pesquisa I
- Pesquisa II
- Monografia I

- História do Desenvolvimento Pol. Econ. E Social do Nordeste
- Economia Brasileira
- Formação Econômica do Brasil

- Geografia Humana e Econômica
- Estatística Aplicada às Ciências Sociais
- Seminário de Leitura – História Oral

- História da América I
- História da América II

- Patrimônio Cultural e Ambiental
- Cultural Brasileira
- Computação Aplicada
- Teoria Sociológica – Clássica
- Teoria Sociológica - Contemporânea

- Teoria Política – Clássica
- Teoria Política – Contemporânea = Ciência Política III

- Teoria Antropológica – Clássica
- Teoria Antropológica – Contemporânea


- SISTEMAS SIMBÓLICOS

- LÓGICA I
- PSICOLOGIA SOCIAL
- PSICOLOGIA COMUNITÁRIA
- Pensamento Humano
- PENSAMENTO SOCIAL BRASILEIRO
- TEORIA E PRÁTICA SOCIAL
- PSICOLOGIA EVOLUTIVA I (INFÂNCIA)
- PSICOLOGIA EVOLUTIVA II (ADOLESCÊNCIA)
- PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM 
- SOCIEDADE E CONTEMPORANEIDADE
- COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO
- DIREITO ADMINISTRATIVO I
- DIREITO ADMINISTRATIVO II
- DIREITO PENAL I 
- DIREITO PENAL II
- DIREITO ELEITORAL I
- DIREITO CONSTITUCIONAL I
- DIREITO CONSTITUCIONAL II
- DIREITO DO TRABALHO I
- DIREITO CIVIL III
- DIREITO CIVIL IV
- DIREITO CIVIL V
- DIREITO PROCESSUAL PENAL I
- DIREITO PROCESSUAL PENAL II
- PROCESSO NEGOCIAL (ARBITRAGEM)

FORMAÇÃO FUNDAMENTAL - MÉDIO - TÉCNICO

- Fundamental – Colégio Adventista/Rosa Gattorno/7 de Setembro
- Médio – 7 de Setembro
- Médio Técnico – Contabilidade – Colégio Carlos de Carvalho
- Técnico em Informática – Várias Instituições/ CEFET/CE/SW - Informática

IDIOMAS
 
1. Compreende: Português (bem)
Fala: bem
Lê: bem
Escreve: bem
2. Compreende: Inglês (bem)
Fala: bem
Lê: bem
Escreve: satisfatoriamente
3. Compreende: Italiano (satisfatoriamente)
Fala: bem
Lê: bem
Escreve: satisfatoriamente
4. Compreende: Espanhol (satisfatoriamente)
Fala: satisfatoriamente
Lê: bem
Escreve: satisfatoriamente
5. Compreende: Francês (razoavelmente)
Fala: razoavelmente
Lê: satisfatoriamente
Escreve: razoavelmente

6. Componente: LIBRAS

Fala: razoavelmente
Lê: bem
Escreve: bem

FORMAÇÃO ACADÊMICA

a. Ensino Superior – Licenciatura Plena em História/ UECE – Fortaleza/ Ce (1994 – 2000)
b. Ensino Superior – Bacharelado em História – faltando uma disciplina: Monografia II – Fortaleza /Ce
c. Ensino Superior – Bacharelado em Ciências Sociais: Antropologia – Sociologia – Ciências Políticas – UFC (trancado 7° semestre) - Fortaleza /Ce
d. Ensino Superior – Bacharelado em Direito – ULBRA (cursando) Santarém/Pa
e. Ensino superior – Extensão – Metodologia do Ensino Superior – Gama Filho – Fortaleza /Ce
f. Ensino Superior – Especialização – Metodologia do Ensino Superior – FACINTER – Santarém /Pa
g. Ensino Superior – Especialização – Direito Civil e Processual Civil – Damásio de Jesus
h. Ensino Superior – Especialização – Psicopedagogia Clínica e Institucional
i. Ensino Superior – MBA – Gestão de Recursos Humanos
j. Ensino Superior Antropologia – UFOPA


APROVAÇÃO EM CONCURSOS E SELEÇÕES PÚBLICOS




- Seleção para professor substituto – SEDAS Fortaleza/ Ce – 2007;
- Seleção para professor temporário do TAM da SEDUC - Ceará – 2004;

- Concurso para professor efetivo da Prefeitura Municipal de Fortaleza - 2000;



Aprovações em concursos públicos área administrativa

- Seleção para técnico administrativo – IBGE – Senso – 1997;
- Concurso técnico administrativo júnior - ECT – 2002;
- Concurso técnico administrativo Companhia Docas do Ceará – 2007;
- Aprovação CREA - Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura - Fiscal - 2015 - 2º Lugar/Convocado.
http://ojrbentes.blogspot.com/2017/02/aprovacoes-em-concursos-publicos-area.html

Aprovações em seleções e concursos públicos área jurídica

- Concurso para auxiliar judiciário - Tribunal de Justiça – CE – 1997;
- APROVAÇÃO CONCURSO MINISTÉRIO PÚBLICO DO CEARÁ - Assistente de Diligência Entrância Especial
Tribunal de Justiça/Pa;

Componentes em:

FORMAÇÃO EM RH – RECURSOS HUMANOS - HEADHUNTER

sábado, 29 de dezembro de 2018

Experiência Profissional em Educação Fortaleza

















OBSERVAÇÃO - Essas várias mudanças de escola ocorria por que no Ceará, ao contrário daqui que não ocorre, que elas manipulam os professores da educação básica, todos os anos seleção para contrato tempo, eu melhorava minha colocação, e no começo, escolhia as escolas mais próximas da minha casa e da faculdade (UFC). Como decorrer do tempo fui pegando as lotações com maior carga horaria nas escolas de risco de Fortaleza: Pirambu, Leste-oeste, Castelo Encantado, Autran Nunes Mesejana, Cauca etc. EU ESCOLHI!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Surto Psicótico Coletivo, Prevaricação e MOBBING na Quinta Ure/Santarém/Pará/Brasil !?

Prova cabal de que o Surto Psicótico Coletivo da Escola São Felipe na Matinha se alastrou para a Quinta Ure!


Tu jura que não é o mesmo SPC - Surto Psicótico Coletivo que se alastrou da Escola São Felipe na Matinha para a Quinta Ure ou seria melhor que as loucas da Quinta Ure estão insistindo na mesma "lógica", melhor dizendo, a mesma jogadinha da psicopata e da Odineia e das loucas da escola!?

Por que a quinta Ure não providenciou as minhas frequências da Escola São Felipe até hoje!?
A minha ficha de lotaçãoa assinada pela Odineia já está no processo desde 20121


Minha ficha de lotação assinada e carimbada pela Odineia!


Por que a quinta Ure não providenciou as minhas frequências da Escola São Felipe até hoje!?
A minha ficha de lotaçãoa assinada pela Odineia já está no processo desde 20121


























































































Surto Psicótico é um episódio de desorganização da representação da realidade, desencadeado diante de uma vivência não significável a partir dos recursos representativos possuídos pelo indivíduo, desenvolvidos em um momento crítico da neurogênese na primeira infância. A fim de poder entender uma vivência que se mostrou irrepresentável psiquicamente, uma busca por padrões concebíveis é tentada, sem sucesso, pelo sistema nervoso da pessoa, que leva a contínuas mudanças de representações perceptivas em busca de formas um pouco mais estáveis, que lhe permita reconhecer e se relacionar com a realidade.
Os padrões psíquicos reconstruídos com frequência fogem às representações socialmente difundidas, fazendo com que os comportamentos verbais e não-verbais apresentados pelo psicótico causem estranhamento e incompreensão até às pessoas próximas.
Começar o tratamento nos primeiros surtos evita sérias complicações e agravamento da psicose. Quanto mais cedo começarem o tratamento melhor o prognóstico do paciente.[1]
Durante o surto podem ocorrer manifestações de paranóia, alucinações e delírios.
O surto geralmente dura algumas semanas e pode ser encurtado de acordo com a medicação administrada. A medicação também pode impedir um surto ou torná-lo menos grave se ocorrer. Normalmente o surto é precedido por comportamentos estranhos do indivíduo, que só podem ser detectados poucos dias antes que este entre em crise. Sendo assim, é muito importante acompanhar pacientes nesta situação a fim de medicá-los antes do início do surto.
Nos casos do transtorno da personalidade limítrofe, os surtos são mais curtos e intensos, e podem durar apenas alguns minutos ou horas.
Segundo o DSM IV, um dos sintomas para se diagnosticar esquizofrenia é a duração do surto de, no mínimo, seis meses.
Não pode ser transmitida para outras pessoas, é uma desorganização mental grave e não tem poder para induzir outras mentes a fazer o mesmo.
Quando os surtos psicóticos começam antes dos 30 anos o prognóstico é pior. A idade de início da esquizofrenia no homem (15 a 25 anos) é menor que na mulher (25 a 35 anos). Isso ocorre pelas diferenças entre fontes de estresse e hormônios entre homens e mulheres.[1]

 
Prevaricação é um crime funcional, praticado por funcionário público contra a Administração Pública. A prevaricação consiste em retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal. [1]
Importante ressaltar que não é admitida a modalidade culposa. Ao deixar de fazer algo que deve ser feito seguindo o princípio da eficiência e celeridade (rapidez) para satisfazer um interesse pessoal, esse comportamento é entendido juridicamente como dolo (intencionalidade). Pode ser classificado como omissivo, quando o funcionário deixa de fazer seu trabalho, ou comissivo, quando o funcionário intencionalmente atrasa a execução de seu trabalho. Cabe transação penal e sursis (Suspensão Condicional da Pena).
  • Sujeito ativo: funcionário público que retarda ou deixa de fazer seu trabalho.
  • Sujeito passivo: a Administração Pública.
  • Objeto material: é o ato de ofício que couber ao funcionário, a pena é cumulativa.
Art. 319: "Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal: Pena: Detenção, de três meses a um ano, e multa."[2]
Prevaricação na modalidade omissiva: Um funcionário público se recusar a entregar documentos solicitados por um cidadão de quem ele não gosta.
Prevaricação na modalidade comissiva: Um funcionário público adiar a entrega de documentos solicitados por um cidadão de quem ele não gosta até passar o prazo de entrega desses documentos.
Outro exemplo:
Prevaricação na modalidade omissiva: Um funcionário público se recusa a receber algum documento (protocolado ou não) de um cidadão, solicitando informações, alegando não poder receber por qualquer motivo (administrativo e/ou pessoal).
  • Ressalta-se ainda a existência relativamente nova do art. 319-A que constitui um crime específico para o agente penitenciário, que é deixar de cumprir o dever de vedar acesso ao preso acesso a aparelho telefônico, de rádio ou similar. A doutrina reconhece este fato como Prevaricação Imprópria. A pena é a mesma da prevaricação comum.

Mobbing é uma expressão técnica, utilizada no estudo do comportamento de animais, especialmente em ornitologia. Identifica uma postura antipredatória agressiva, quando a espécie é ameaçada [1].
No contexto das relações humanas, mobbing corresponde a uma forma de bullying[2] ou de assédio moral. A diferença é que é cometido nas relações entre adultos. As mais comuns são nas relações laborais (mobbing laboral), comercias e de vizinhança (mobbing imobiliário).