segunda-feira, 7 de março de 2016

Meus Pseudos Enquadramentos. Tratamento para o que mesmo?!

Eu preciso tomar remédio e fazer tratamento para quais dos quadros?:

Primeiro como pode haver três enquadramentos: Esquizofrenia Paranoide, Transtorno Bipolar e Psicose Não Orgânica no mesmo PAD?!
Segundo como o meu enquadramento de Transtorno Bipolar não está no meu prontuário do CAPS, se o Psiquiatra que o assinou era o mesmo do CAPS?! Esta bipolaridade só teria o polo maníaco?! Quando ocorreu o meu polo depressivo?!


Por que este enquadramento não está no meu prontuário?!


2º Enquadramento dentro do PAD - Processo Administrativo Disciplinar.

Terceiro - Gravíssimo - Onde está e quem assinou o meu laudo de Esquizofrenia?!

Disciplinar o que?!



Enquadramento. Acusação de Esquizofrenia no PAD - Processo Administrativo Disciplinar

 

Enquadramento. Acusação de Esquizofrenia pela Profa. Rosa na Facinter - Uninter.







Enquadramento de Surto Psicótico. Vilson e Cláudia

Quarto - Quando tempo vai durar esse meu polo maníaco, que tende ao surto psicótico?! Está sendo contado desde da assinatura da declaração do CAPS, para o meu retorno à UFOPA, ou será que ele está sendo contado do empurrão que dei em meu sobrinho Patrick!?


Quinto - Como a Dra. Cassiane e a Edileuza puderam fazer a oitiva sem eu ter ciência e uma cópia do PAD! Sem Noção!










Meu prontuário do CAPS. Cheio de erros infantis e grosseiros!







1 - Minha idade nasci em 1973, portanto tinha 36 e não 37
Data do prontuário: 22/12/1973 - 28/03/1973 = 36

2 - Se eu fui encaminhado pelo Dr. Luciano, como eu fui "levado" ao CAPS!? na camisa de força?! NÃO fui andando com minhas irmãs, o CAPS fica a 4 quarteirôes da minha casa na Tv. Dom Amando. E isso que já havia ido 2 vezes ao Dr Ruy Guilherme(psicólogo) e duas vezes ao Dr. Samuel (psiquiátra). Minha mãe usou esta mesma argumentação com o Dr. Samul; a de que ela havia melevado. Outra, minha mãe disse que nunca tinha ido ao psiquiátra, quando ela já era paciente do Dr. Samuel e meu sobrinho Marcelo também. Nestas consultas o Dr. Saumuel mandou primeiro eu mesmo analisar minha mãe, resultado ela passou a usar os apelidos que usava com meu pai, é Freud! segundo mandou eu cuidar e namorar com minha sobrinha, por que será, heim?!

3 - Minhas irmãs disseram que eu estava tendo alucinações auditivas e visuais, auditivas tudo bem, interessante é que elas sabiam exatamente o que havia falado "sozinho" no quintal de casa no outro dia, hora vejamos, se havia receptor, havia comunicação, logo não estava falando sozinho, minhas irmãs tem a audição histérica. Audições visuais, como assim?! Elas viram o que vi?! Elas entraram dentro de mim!? Ou elas estavam colando a jogada que estava no ar na televisão?!

4 - Que eu era, ou estava agressivo. Todos meus amigos sabem que sou pacífico, desde que ninguém ameaçe minha integridade física e moral.

Se eu já tinha passado por tantos médicos, fui várias vezes aos Dr Samuel, Luciano e Ruy Guilherme, sozinho, como não estava aceitando o tratamento?! que tratamento?!

5- "devido o mesmo ser apaixonado por sua sobrinha" todos meus amigos de Fortaleza sabem que a última paixão da minha vida foi a Lisandra. Vamos supor que eu estivesse mesmo apaixonado por minha sobrinha, se a afastaram de mim, eu estaria triste ou alegre, deprimido ou eufórico?!
E a minha família é o que!? eu apaixonado pela Glícia afastaram-na de mim, eu com dores no meu, eu achava até que era problema cardíaco, ou será que me envenenaram?! Pior ela esta grávida!


6 - "já passou em vários concurso, mas não se fixa em lugar nenhum" essa construção, com certeza é da minha mãe, formulada quando ela foi analisar meu currículo, o interessante foi que depois da consulta com o Dr. Samuel minha mãe, de uma hora para a outra, passou a se interessar pela minha vida pregressa. Mas para este caso tenho uma exemplo: passei em segundo lugar para fiscal do CREA,mas teria que ir para Oriximiná, e por consequência trabalhar em Óbidos. Analisei e escolhi ficar aqui mesmo em Santarém. Em Fortaleza, fui passando em colocação melhores nas seleções para professor do estado e fui abandonando as escolas para dar preferência para as mais próximas da minha casa, comecei a dar aulas em Caucai, lá deixei meu brother, Cazuza, HIstória e minha tia Adeilde, religião. Engraçado que o jogo é bem aprecido. As minhas últimas colocações eram 1º lugar, melhor nota do Ceará inteiro para professor do ensino fundamental de História, 7º Lugar para o o médio e 9º para o EJA.
7 - "atualmente desempregado" eu estava afastado por processo administrativo, processo este que nunca fui ouvido até hoje.

8 - "paciente acompanhado por duas irmãs: Gláucia e Glenda. Errado Gleice e Glenda como esta no começo do prontuário.

9 - "fala intelectualizada e desconexa com a realidade descrita pelas irmãs". Realmente não quero ter mais nenhuma conexão com a "realidade" em que minhas irmãs vivem. O resto, faz me rir, seu eu não sou um intelectual orgânico, militante cristão socialista eu não sei mesmo quem sou.

10 - idade de minha sobrinha 12 anos, errado 13 anos e meio como esta no boletim dela. Será que elas queriam colar a jogada do Michael Jackson que estava no ar?!

11 - "paciente delirante e eufórico", realmente para este quadro não iria me submeter a tratamento nenhum, e olhe que tomei, mesmo a contra gosto todas as medicações, e como então não estava aceitando o tratamento!? que tratamento?!
12 -  “fala que em sua última consulta teria aceito o tratamento apenas para fazer suas irmãs até estes CAPS. Fez apenas uma vez o requerido medicamento prescrito pelo médico.”
Grifo da Dra. Gisele: “Paciente resistente ao tratamento. Não aceita ter nenhum transtorno...”
Como eu não queria fazer o tratamento?! É realmente não queria me submeter ao tratamento que queriam me impor. Mesmo por que estava fazendo tratamento para ansiedade desde do Dr. Ruy Guliherme, estava tomando Valeriena com castanha da Índia, já fazia este tratamento desde de Fortaleza, que inclui ainda Ginko. Não, eu não queria ter nenhum tratamento, eu não queria era o tratamento prescrito, mas mesmo assim tomei toda medicação, fato que foi observado pela Dra. Gisele. Como estava resistente se já tinha ido ao Dr. Luciano 3 vezes com minhas irmãs, consultas que foram pagas por minhas irmãs e minha mãe, e várias outras vezes sem que elas soubessem, tinha ido duas vezes ao Dr. Ruy Guilherme, que prescreveu a Valeriana e me orientou a sair de casa, o que tinha sido acorda na delegacia da mulher, para meus sobrinhos voltarem para casa de Óbidos, o que não foi cumprido, sai de casa passei 6 meses morando de aluguel, em frente a uma guarnição da polícia e estava indo periodicamente a delegacia central da polícia civil onde prestava informações sobre o caso ao delegado Tiago. No primeiro dia que vou visitar a casa da minha mãe, os vizinhos me saíram com uma de que eu estava me escondendo, foi um estória, jogada de minha família para fazer as pessoas acreditarem que eu estava paranóico e poderia surtar, e me tornar agressivo, e bater em alguém de minha família. Como assim!? Enfrente a uma delegacia de polícia?! A qual me apresentei e deixei minha tabuadinha para ser usada nos projetos da polícia. Essa da agressividade me certifiquei quando dei um empurrão em meu sobrinho Patrick, no outro dia aprecem na frente da porta da minha casa minha irmã Glenda, meu pai e meu cunhado bombeiro, Marcelo, meu pai tenta entrar na minha casa e tenta me esganar.. Vale ressaltar que meu pai pagou 3 sessões com o Dr. Ruy, e ficou, e ainda esta falando uma com minha sobrinha, pois o que elas alegavam era que eu tinha causado transtornos para minha sobrinha, como assim?! Ela morando em Óbidos?! Pois quando ela estava aqui ela vivia feliz, fato facilmente comprovável pelo o boletim dela. Havia ido ainda 2 vezes ao psiquiatra, Dr. Samuel que acompanhou o caso por muito tempo, foi ele quem aumentou a dosagem de diazepam, melhorando os tremores e e fando dormir melhor, passei a dormir 3 hs por noite, e ainda mudou o horário de Cinetol, e que me alertou de que esse medicamento viciava, o mesmo foi trocado pela Dra. Gisele pelo Mantidan, que melhorou enormemente os efeitos colaterais do Haldol.
13 -  “Continua c/ delírio místico sem crítica” Isto se devia ao meu trabalho de pesquisa sobre bruxas, psicopatas ninfomaníacas, mulheres manipuladoras e dominadoras. Se eu estava delirando, o que as mulheres Santarenas são?! Bruxas, mentirosa, cínicas, dissimulada manipuladoras de menores. Histéricas, paranóicas e ninfomaníacas, com traços latentes de socioapatia. O bom é que isso esta em um monte de filmes.
Acho que a Dra Gisele não sabe como foi o processo de ocupação urbana de Santarém, isso aqui era só terreiro de pajelança e de macumba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário